Notícias

8º Encontro Mineiro das CEBs semeia esperança e anima a fé

Mais de 600 pessoas vindas de várias regiões de Minas Gerais participaram do encontro das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs), que teve como tema “Os desafios de uma Igreja em saída, na construção da sociedade do Bem Viver e conviver”, em Ipanema, na diocese de Caratinga.

Celebração inculturada na Praça da Paz, em Ipanema, durante o 8º Encontro Mineiro das CEBs.

  Gente de fé, membros da Igreja viva, vindos das várias regiões de Minas Gerais se encontraram em Ipanema, na diocese de Caratinga, região da Zona da Mata Mineira, para o 8º Encontro Mineiro das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs). Com o tema “Os desafios de uma Igreja em saída, na construção da sociedade do Bem Viver e conviver”, o encontro reuniu mais de 600 participantes, entre os dias 19 a 21 de julho.

Em um clima de fé, alegria e fraternidade, na busca de somar forças para reforçar a presença missionária na Igreja e na sociedade, o encontro teve como lema a profecia de Isaías: “Criarei um novo céu e uma nova terra e nunca mais haverá choro ou clamor” (Is 65,17.19). De maneira participativa, aconteceram fortes momentos de espiritualidade, com uma liturgia contagiante e ligada à vida.

Leia AQUI a Carta do 8º Encontro Mineiro de CEBs – Das Comunidades Eclesiais de Base para todo o Povo de Deus.

Dom Vicente de Paula durante a celebração final do encontro.

O bispo auxiliar da arquidiocese de Belo Horizonte, dom Vicente de Paula Ferreira, esteve presente no encontro e destacou a luta e resistência do povo de Brumadinho diante do crime da Vale no rompimento da barragem de rejeitos da mineração, ocorrido em janeiro deste ano. Dom Vicente também chamou atenção para temas como a ecologia integral e a defesa da Amazônia, os quais serão discutidos no Sínodo da Amazônia, que reunirá bispos no Vaticano, entre os dias 6 a 27 de outubro.

“Mais do que nunca temos que estar atentos a essa vivência encarnada do Evangelho. Eu diria que uma das missões mais importantes do nosso testemunho cristão é exatamente a nossa presença de anúncio e de denúncia junto aos mais pobres”, afirmou. Dom Vicente reforçou a importância das Comunidades Eclesiais de Base para criar caminhos alternativos, refletindo à luz da palavra de Deus.

O missionário scalabriniano padre Alfredinho foi um dos assessores que contribuíram para o encontro.

O 8º Encontro Mineiro das CEBS teve a assessoria do missionário scalabriniano padre Alfredo Gonçalves e Sônia Gomes de Oliveira, presidenta do Conselho Nacional do Laicato do Brasil. Além do bispo auxiliar da arquidiocese de Belo Horizonte, também estiveram presentes dom Emanuel Messias de Oliveira, bispo da diocese anfitriã, lideranças cristãs leigas das CEBs, jovens, padres, seminaristas, religiosas, evangélicos, lideranças das pastorais sociais, organismos, comunidades quilombolas, movimentos populares, cooperativas, associações, sindicatos e outros participantes.

Os dias de encontro foram marcados pela presença de Deus, na escuta de sua Palavra, que ressoava nos participantes e se traduziam em preces, louvores, denúncia das injustiças e anúncio da boa nova do Reino de Deus. Uma das mensagens de esperança que marcaram o encontro foi plantada por padre Alfredinho ao explicar que o tempo de crise não é de colheita, mas de semeadura. “Nenhuma geração faz duas colheitas. Agora é tempo de plantar”, disse ele.

Padre Jamir Sobrinho entrega o círio pascal à diocese de Guaxupé, que sediará o próximo encontro mineiro das CEBs.

Ao final do encontro, o círio pascal foi entregue a participantes da diocese de Guaxupé, no Sul de Minas, que sediará o 9º Encontro Mineiro das CEBs, em 2023. Padre Jamir Pedro Sobrinho, assessor da CEBs na diocese de Caratinga, explica que o círio é o símbolo da luz que vai iluminar o coração das pessoas nesse momento difícil: “vivemos uma crise política, econômica, administrativa, moral e ética. A Igreja tem que ser uma resposta positiva a todas essas crises, iluminando a esperança do povo”.

Por Lívia Bacelete, comunicadora popular da Cáritas Regional Minas Gerais, com informações das CEBS de Minas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

.