Notícias

Cáritas Brasileira Regional Minas Gerais recebe Medalha da Inconfidência

A Cáritas Brasileira Regional Minas Gerais recebeu na manhã desde sábado, 21, em Ouro Preto, na região central do estado, a Medalha da Inconfidência, homenagem prestada a pessoas e instituições que contribuíram para o desenvolvimento do estado e do Brasil. 

A Medalha da Inconfidência foi criada em 1952, durante o governo de Juscelino Kubitschek, e é a maior comenda concedida pelo Estado de Minas Gerais. O seu objetivo é homenagear os que se distinguiram pela notoriedade de seu saber, cultura e relevantes serviços à coletividade, contribuindo de maneira excepcional para a projeção e valorização de Minas.

A cerimônia – que celebra o dia do mártir da Inconfidência Mineira Tiradentes – teve como orador o governador Fernando Pimentel (PT), que também entregou as medalhas aos homenageados.

A indicação para que a Cáritas recebesse a comenda foi do reitor da PUC Minas e bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte, professor Dom Joaquim Giovani Mol Guimarães, que é membro do Conselho Permanente da Medalha da Inconfidência.

O Secretário Executivo da Cáritas Brasileira Regional Minas Gerais, Rodrigo Pires, destacou a importância que a homenagem tem para a Instituição: “A Cáritas tem quase 30 anos de atuação no estado, durante todo esse tempo, foram muitas famílias, muitas vidas e histórias tocadas pela nossa missão. Ao receber a medalha, nos vêm na memória todo esse caminho percorrido até aqui e nos coloca a cada vez mais assumir com responsabilidade o nosso compromisso de nos mantermos sempre ao lado dos menos favorecidos e de lutar junto com eles por dignidade e por um mundo melhor.”

Nesta edição, 170 pessoas e entidades receberam três designações: Grande Medalha, Medalha de Honra e Medalha da Inconfidência. Além do argentino Adolfo Pérez Esquivel, Nobel da Paz de 1980, foram homenageados professores, militares, policiais, juristas, bombeiros, empresários, políticos, artistas, artesãos, ativistas de movimentos sociais e líderes religiosos, entre outros. 

Histórico de luta ao lado dos pobres

A Cáritas Brasileira Regional Minas Gerais faz parte da rede Cáritas Brasileira, organismo da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. Criada no Brasil em 1956, a entidade atua na defesa e promoção da vida, assumindo a construção de uma sociedade justa, democrática e plural.

Pra cumprir a sua missão em Minas Gerais, a Cáritas desenvolve ações em diversas áreas como: Convivência com o semiárido, no apoio aos atingidos e atingidas por emergências, saúde mental, segurança alimentar e nutricional, na luta pela promoção dos direitos das crianças e adolescentes entre outras.

Marielle Franco e Anderson Gomes são homenageados

A vereadora Marielle Franco (PSOL) e o motorista Anderson Gomes, assassinados em março no Rio de Janeiro, também foram homenageados com a Medalha da Inconfidência.

Durante a cerimônia foi exibido um vídeo em homenagem à Marielle e a medalha foi entregue à companheira da vereadora, Monica Benício, que segurava uma bandeira do MST e vestia uma camisa com a frase: “Não nos calarão”. A viúva de Anderson Gomes, Agatha Arnaus Reis, também recebeu a medalha pelo motorista.

Em seu discurso, Pimentel falou sobre os assassinatos de Marielle e Anderson. “Estamos condecorando postumamente duas vítimas do ódio anacrônico e ignorante que tenta calar a voz dos que lutam pela liberdade e pela justiça social. Falo de Marielle Franco e Anderson Gomes, cruelmente abatidos pelas mãos daqueles que querem submeter o Brasil ao arbítrio do fascismo”, afirmou o Governador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

.