Notícias

Cáritas Regional Minas em Mariana

Projeto de cadastramento dos atingidos e atingidas pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, se reúne para analisar as perspectivas do término do cadastro.

O projeto de cadastramento conduzido pela Cáritas Regional Minas Gerais em Mariana reuniu toda a equipe, no dia 3, com o objetivo de apresentar uma visão geral do trabalho desenvolvido em cada etapa. Na ocasião, houve repasses e perspectivas do término do cadastro para o final de 2018. O encontro contou com mais de 140 pessoas de todas as áreas do projeto de assessoria técnica e representantes do jornal A Sirene.

Após a reunião, foi realizada uma confraternização da equipe. A coordenadora geral do processo de cadastramento, Ana Paula Alves, deixou um recado aos membros do projeto: “Agradeço a você por estar aqui, por fazer parte da nossa equipe Cáritas. Sei que você traz sua história, sua luta para somar às lutas dos atingidos e atingidas pela barragem de Fundão. Ser Cáritas é ser solidário, é ser companheiro, é colocar nossos saberes a serviço daqueles que estão diariamente na construção de uma reparação justa”.

Por Ellen Barros e Suzane Pinheiro, comunicadoras populares da assessoria técnica da Cáritas Regional Minas Gerais aos atingidos e atingidas pelo rompimento da barragem em Mariana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

.