Notícias

O acesso à água no enfrentamento à COVID-19

Cáritas doa bomba de água para possibilitar o acesso às famílias da comunidade Buriti do Meio, em São Francisco, no Norte de Minas.

A água é elemento fundamental e indispensável para a vida, principalmente em tempos de pandemia do COVID-19 em que é preciso aumentar os cuidados com a higiene.  Em pleno século XXI não deveria existir nenhuma casa sem água, no entanto muitas famílias ainda não têm acesso à água potável em quantidade e qualidade suficientes. Este é o caso da comunidade quilombola Buriti do Meio, no município de São Francisco, Norte de Minas Gerais. Abastecida por dois poços artesianos, as famílias da comunidade chegavam a ficar 45 dias sem água quando a bomba estragava.

Nesse período, a única água disponível era das cisternas de captação de água de chuva, construídas em algumas casas de Buriti do Meio pela Cáritas, em 2019. Diante dessa situação, como parte das ações de enfrentamento ao COVID-19, a Cáritas Diocesana de Januária fez a doação de uma bomba nova para a comunidade. A bomba foi instalada na última quinta-feira, dia 2 de julho, atendendo a 170 famílias, ou seja, aproximadamente 1.360 pessoas com água encanada em casa.

Para Eva Francisca, moradora da comunidade, a bomba chegou no momento certo, pois é nessa época do ano que a comunidade mais sofre com a falta de água. “Com a pandemia temos que redobrar a higiene pessoal e das nossas casas. Sem água isso é impossível”, afirma. Agradecida, Eva chama atenção para as pessoas que vivem nas partes mais altas da comunidade e ficavam ainda mais prejudicadas quando a bomba estragava: “Em nome de toda a comunidade quilombola do Buriti do Meio, em especial a turma aqui da Caiçara, quero agradecer imensamente a todos que contribuíram com essa ação”. 

O bombeiro responsável pelo bombeamento de água na comunidade, Claudionor Souza da Silva, explica que mesmo com dois poços a comunidade sofria com a falta de água quando a bomba não funcionava: “Só um poço vinha funcionando por falta de uma boa bomba para bombear a água para nossa comunidade”. Integrante da Associação Comunitária de Buriti do Meio, ele explica que a água é bombeada para um reservatório que fica no alto e por gravidade abastece todas as casas. “Acredito que a doação dessa bomba vai solucionar o problema de abastecimento de água potável para as famílias do nosso quilombo”, agradece.

Quilombo dos Direitos

O projeto é uma parceria entre a Cáritas Diocesana de Januária e a ​Kindernothilfe (KNH)​, agência de cooperação para o desenvolvimento com enfoque na área de direitos humanos de crianças e adolescentes. O Quilombo dos Direitos colabora para que crianças, adolescentes, jovens e suas famílias reflitam sobre a realidade em que vivem de maneira a criar alternativas criativas de desenvolvimento através da arte, da cultura e da cidadania. Presente na comunidade quilombola Buriti do Meio desde 2015, a KNH é parceira da Cáritas em outros projetos em Minas e no Brasil.

Por Meire Reis, agente da Cáritas Diocesana de Januária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

.